A verdadeira religião do brasileiro

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A verdadeira religião do brasileiro

Mensagem por infernosword em Qua Fev 15, 2017 9:40 pm

Hoje deu para tirar um pouco de sarro do pessoal religioso, apesar de isso esteja longe de ser um prazer na minha vida, muito menos ser um objetivo. Tudo em tom de brincadeira saudável.

Como eu já disse anteriormente, eu sou agnóstico e não acredito em qualquer deus, embora já tenha conhecido o cristianismo (católico, evangélico reformado e ortodoxo russo) e um pouco do islã (tive contatos de terceiro grau com a comunidade islamica e estudei um pouco a título de curiosidade). Até hoje eu tenho um pé atrás com o esse ateísmo militante que o pessoal prega na internet. Acho que religião é algo muito pessoal e pouco se debate sobre esses assuntos, com exceção, claro, da música golpel. Aquilo é pior que funk ostentação. Apesar de conhecer (não pela internet) razoavelmente um bom número de crenças eu nunca vi um povo tão apegado a uma religião não declarada como o brasileiro. A crença? O dinheiro.

Antes de mais nada, não confundamos dinheiro com capitalismo. Apesar de um levar ao outro, o que eu falo aqui é do amor e da exaltação ao dinheiro, sendo em qualquer sistema regente em vigor e em qualquer situação. A questão é que, infelizmente, o povo brasileiro, em geral, é um povo dinheirista. Não necessariamente trabalhador, ou rico. Dinheirista.

Muito de vez em quando, até porque eu sou bem pão duro, eu vou almoçar fora (ou quando estou no trabalho, aí é inevitável). Quando eu vou, eu passo no "restaurante do soldado", apelido que eu dei para o senhor que é dono da espelunca e eu não sei o nome. A comida não é lá grande coisa, mas eu consego sobreviver pagando pouco.

Eu acho muito engraçado quando esse senhor vem à minha mesa, de vez em quando ocupada por mais dois colegas de trabalho, conversar sobre a situação do país, falar de gente "trabalhadora" como eu e meus amigos e discursar sobre o valor da família e os bons costumes judaico-cristãos. Eu costumo ouvir as pessoas sem muitas objeções, até porque se eu me declarar ateu, iria causar um desconforto desnecessário e a minha conta do dia viria com um erro de dois dígitos, no mínimo.

Acontece que o meu amigo Soldado é um católico até bem fervoroso, daqueles que não abrem seus estabelecimentos aos Domingos, "dia do Senhor descançar". Além disso ele tem um problema, que é o mal do empresário, e fica falando de falta de dinheiro todo o tempo e como ele vai a falência, ladainha essa que já dura uns dois anos, pelas minhas contas. Além disso ele tem uma faixa na frente do seu restaurante dizendo que Domingo é dia de descansar e que o estabelecimento fica fechado. Tinha.

Eis que essa semana o sr. Soldado tomou uma decisão drástica xD. À partir desse Domingo (uma bela data, por sinal) ele passa por cima dos seus preceitos cristãos e abre seu estabelecimento o fim de semana inteiro, tocando o terror mesmo aos Domingos. "Não tá dando jeito, eu vou ter que fazer isso". Pra mim, pouco importa o dia que você descança, seja na Quarta, na Terça ou no Sábado e Domingo. Só que eu sou ateu.

Eu voltei para casa me perguntando se isso é uma questão de sobrevivência ou uma questão de avareza mesmo, afinal o cara ama seu caminho religioso, seu Deus e o restaurante não vai tão mal, apesar de que o grande público desfruta desses estabelecimentos aos finais de semana. Também voltei pensando se isso não é só pela sensação de estar ganhando mais dinheiro e, com isso, todos os problemas parecem que evaporam. E por fim, refliti se eu também sou muito dinheirista. Sei lá, não quero deixar de ser ateu.
avatar
infernosword
Rank 110 - Street Fighter IV
Rank 110 - Street Fighter IV

Mensagens : 6135
Data de inscrição : 05/05/2010
Idade : 26
Localização : flying not yet quite the notion

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A verdadeira religião do brasileiro

Mensagem por Willi em Qui Fev 16, 2017 12:39 am

Infernosword tá inspirado XD faz mais texto que tá pouco! 

Cara, uma vez eu ouvi uma teoria muito interessante: Você nunca terá dinheiro suficiente. Ganhando mais, você automaticamente eleva seu padrão de vida e seu consumo. É inevitável, o cara fala "ah mas não" mas SIM, é inevitável. Aí você calcula que ganhar mais irá se refletir em gastar mais, e por fim é trocar seis por meia dúzia.

Não me entendam mal, não estou dizendo que não devemos ter ambições e nem que devemos nos contentar com pouco. Nada disso. Eu mesmo tenho alguns desejos em minha vida que só alcançarei ganhando consideravelmente bem. Mas o que quero dizer é que tudo tem um limite. Não vale a pena trabalhar mais em detrimento dos momentos com a família, ou do lazer, ou do descanso, ou do que for. É interessante aumentar a renda, e também a carga horária, quando não precisamos deixar de lado outras coisas importantes em nossa vida, coisas de valor igual ou maior que o dinheiro. A saúde psicológica é muito importante, e torrar uns pilas é um santo remédio, mas só isso, sem uma companhia, sem uma conversa, sem uma diversão, sem uma descontração, não vale de nada.

É claro que este é um cenário onde a pessoa tem a opção. Mas muito poucas pessoas têm acesso à opção, à escolha. A maioria sente a corda pegando no pescoço e aí se obriga a fazer sacrifícios para não morrer de fome. Se obriga a aumentar a renda por necessidade, e não por luxo. No caso do Sr. Soldado, pode ser que ele realmente esteja precisando melhorar a renda (até porque, como você bem apontou, o final de semana consegue proporcionar um bom retorno financeiro em restaurantes) e aí não existe religião, não existem princípios, não existe nada: existem só "OS BOLETO", e quando "OS BOLETO" chega, ou tu tem ou tu não tem. Então, se "OS BOLETO" tão cutucando o Soldado, ele tem mais é que abrir no domingo mesmo! Agora se for só avareza de véio, aí é questionável.

__________________________________________________
Intel Core i5-4440 | Gigabyte RX 480 4GB G1 Gaming | Corsair Vengeance 1x8GB 1600MHz | MSI B85M-E45 | SSD Sandisk G26 120GB | HD Seagate Barracuda 1TB | PSU Corsair CX500M | 2x FAN Corsair AF120 Quiet Edition Red | Case Cougar Archon
LG 23MP55HQ-P (1080p 23") | Teclado Redragon Karura | Mouse Fortrek Spider | 2x Xbox 360 Controller
avatar
Willi
Rank 128 - Kirby's Return to Dreamland
Rank 128 - Kirby's Return to Dreamland

Mensagens : 7016
Data de inscrição : 05/05/2010
Idade : 21
Localização : Maravilha, SC

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A verdadeira religião do brasileiro

Mensagem por infernosword em Qui Fev 16, 2017 1:23 am

Eu concordo, não tem como fugir do dinheiro e nem das responsabilidades da vida.
Meu problema não é com o fato de ele "ser" avarento ou ganhar mais dinheiro, mas por ter passado por cima dos princípios (religiosos, que sejam) dele pra ganhar uma grana extra. O X da questão é o de que vale tudo na falta de grana? E vale tudo por ela? Pra mim, isso é muito complicado.
avatar
infernosword
Rank 110 - Street Fighter IV
Rank 110 - Street Fighter IV

Mensagens : 6135
Data de inscrição : 05/05/2010
Idade : 26
Localização : flying not yet quite the notion

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A verdadeira religião do brasileiro

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum