CRÍTICOS, a culpa da internet estar tão chata é toda de vocês!

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

CRÍTICOS, a culpa da internet estar tão chata é toda de vocês!

Mensagem por Willi em Qua Set 14, 2016 11:11 am

Imagine você mesmo há 15 anos, após ter assistido ao primeiro Homem-Aranha com Tobey Maguire. Aquele filme era fantástico, e trouxe ao cinema o herói favorito da maioria das pessoas em uma obra muito bem produzida e com uma história que é memorável até hoje. O que um fã de super-heróis podia querer depois daquele filme? Uma continuação, talvez, ou quem sabe um ou dois filmes de outro super-herói do qual gostasse.

Pois bem. Estamos em 2016, e vejam o que temos hoje. Filmes de super-heróis são as bilheterias que mais arrecadam atualmente. Atuar em um filme de super-herói é o que mais traz sucesso e dinheiro para os atores nos dias de hoje. Se há 30 anos, estar ao lado de brucutus como Stallone ou Schwarzenegger em filmes de ação era sinônimo de "se lançar como bom ator nos cinemas", hoje o mesmo pensamento está com os filmes de heróis. Aparecer em um filme de super-herói, ainda mais com papel importante, já é suficiente para qualquer ator da época atual alavancar sua carreira e ser lembrado por um longo tempo.

Não, sério, pare e pense nas dimensões que os filmes de super-herói tomaram. Não são mais obras destinadas aos fãs e a alguns pais corajosos que querem levar os filhos para uma programação diferente no sábado à tarde. São o carro chefe, o forte do cinema mundial. Adultos também se interessam. Não-fãs também se interessam. O que os nerds sempre queriam (não serem considerados "esquisitos" ou "infantis" por serem apaixonados e viciados em personagens fictícios) eles finalmente conseguiram! Os heróis agora são queridos de todos. Num ambiente com 10 pessoas, hoje, as 10 podem falar tranquilamente entre si sobre os heróis. Há 15 anos, os bem-feitores mascarados só seriam assunto dos dois moleques espinhentos e sexualmente pouco atrativos sentados mais ao canto do lugar.

E agora falando dos filmes em si. Você, nos seus mais delirantes sonhos, imaginou, sei lá, um filme do seu herói favorito que talvez ganhasse uma ou duas sequências, no máximo. Lhe passou pela cabeça alguma vez que universos cinematográficos seriam criados? Que filmes de heróis diferentes e sem uma ligação oficial em seu título, fariam todos parte de uma grande "série" exibida no cinema? Lhe ocorreu alguma vez que seu Hulk, Homem de Ferro ou Thor estrelariam uma franquia que, numericamente, ultrapassaria obras legendárias como Harry Potter ou Star Wars em quantidade de filmes lançados? Isso jamais pareceu possível, mesmo para você, que se chegou a pensar nisso alguma vez, imaginou como algo que não passaria de um delírio. E cá estamos, com os Vingadores indo para a contagem de quase 20 filmes, enquanto a DC também começa a construir seu universo e, se todos os filmes anunciados forem lançados, terá por volta de 10 filmes também. Acho que isso nunca aconteceu na história do cinema. Talvez, o Tarzan preto e branco de Edgar Rice Burroughs tenha tantos filmes quanto, mas são todas aventuras soltas e sem conexão. Um macroverso como este que estamos vendo acontecer, jamais houve. E finalmente está acontecendo, e quem são os protagonisas? Nossos amados super-heróis.

Então, aqui estamos. Na época dos nossos mais delirantes sonhos. No sonho que se tornou realidade. Heróis são os protagonistas dos filmes mais rentáveis e de maior sucesso. Heróis são queridos por todos. Gigantescos universos cinematográficos ganharam vida, e nós estamos vivendo nessa época. Se nossos filhos um dia baixarem torrents com todos esses filmes, você poderá dizer que viveu na época disso tudo e viu ser lançado, e que enquanto eles irão crescer com o mundo amando os heróis da cultura pop, você ainda pegou a época em que amar esses personagens exigia coragem e bastante sangue frio, pra aturar os insultos daqueles que não os conheciam e zoavam com a sua cara. A era atual é uma época mágica, dourada, inesquecível para o cinema.

E como muitas pessoas, principalmente "fãs", reagem a isso?

CRITICANDO.


...


Gente, sério. A internet nunca foi tão chata. Não vou mentir, eu gostava mais do tempo em que os blogueiros tinham o poder. A gente falava, e o pessoal comentava o que a gente falava. Mas nós tínhamos a voz maior, e entre mais ou menos uns 100 caras, conseguíamos "domar" um pouco os ânimos dos internautas. Hoje, não mais. Todo mundo pode ter um site, uma página própria. Todo mundo pode dar opinião, só que não uma opinião quietinha de comentarista, mas uma opinião forte e convicta de um produtor de conteúdo. Em outras palavras, todo mundo fala o que quer, e pode falar, porque tem meios para isso. Não pensem que estou sendo a favor da censura, de maneira nenhuma! Mas acredito que existem dois problemas gravíssimos no fato de todo mundo poder opinar com força:

1- O despreparo de muitos na hora de escrever ou gravar sua opinião.
2- A alienação de pessoas sem opinião que buscam em críticas e reviews a opinião de outros para tomar como sua.

Irei explicar melhor os dois tópicos. O primeiro, sobre o despreparo, é fato: todo mundo se acha crítico. Todo mundo acha que entende. Uma vez, pra eu falar de PlayStation 1, eu precisava de toda uma "faculdade" de Super Nintendo, Mega Drive, NES... hoje não, o moleque que quer falar de PS4, vai lá e fala de PS4 numa boa, e o pior, outros moleques vão lá e dão razão pra ele. A maioria das pessoas não tem a bagagem necessária. Não viveu, jogou, assistiu o suficiente para que seu gosto ficasse totalmente definido, para que seu senso crítico fosse melhor lapidado. A coisa vai muito além de "elogiar os pontos positivos e criticar os negativos". Muitas vezes, a vivência e a bagagem nos ensinam a ver os prós e os contras com muito mais profundidade, sabendo relevar certos fatores, sabendo entender o porquê de X ou Y serem do jeito que são e não do jeito que a gente queria, sabendo ver quando um ponto positivo pode atrapalhar ou provocar uma má influência para a indústria, ou quando um negativo pode salvar uma obra. O que quero dizer é que tem toda uma filosofia por trás disso. Um feeling, um know-how. E o detentor de um simples perfil em rede social, via de regra, não dispõe desses artifícios para elaborar melhor sua opinião. Ele é proibido de opinar por "não ter a faculdade"? Não, mas sua opinião ficaria melhor em um comentário, onde ela seria de um comentarista, e não em um post grande onde ela ganha a força de uma opinião de alguém que tem os pré-requisitos para opinar.

Sobre o segundo ponto, da alienação, aqui a internet demonstra seu calcanhar de aquiles: oferecer comodidade demais às pessoas e alimentar os preguiçosos. Novamente, não sou a favor da censura, e de maneira nenhuma quero internet limitada ou disponível apenas a pessoas seletas. O que quero dizer é que a internet tem tudo que você quiser a um acesso fácil demais. É mais fácil assistir a uma crítica no YouTube do que ir ao cinema e pagar pelo ingresso, estacionamento, etc. É mais fácil ler um review de um jogo do que ter o videogame ou computador potentes o suficiente para jogá-lo. A opinião sobre a coisa é mais acessível do que a própria coisa. Isso é uma característica imutável da internet, e a única maneira de controlar seus efeitos é ser um internauta melhor disciplinado: aquele que evita ler spoilers ou ver opiniões do produto que lhe interessa antes de consumí-lo. Três exemplos meus: Mortal Kombat X, Batman Arkham Knight e Rise of The Tomb Raider. Três jogos muito aguardados que geraram festa na internet quando em seus respectivos lançamentos, com conteúdo e informações pipocando a toda hora e em todo lugar. Mas eu fui bravo, evitei as informações, me desviei de opiniões, consegui jogar os três jogos, e só então me liberei da "trava mental" que criei em mim mesmo para que evitasse saciar a curiosidade sobre eles. Fiz do jeito certo: saciei a curiosidade com o produto, não com opiniões sobre o produto. Formei a minha própria opinião, e só então fui ler outras opiniões apenas para comparar com a minha e, quem sabe, identificar pontos que pudessem ter passado despercebidos por mim.

A maioria das pessoas não tem esse autocontrole, essa disciplina: estão desesperados por aquele produto, se não puderem ver como ele é imediatamente quando for lançado, o mundo vai cair para eles. Têm um desejo incontrolável de saciar a curiosidade. Então, de cabeça vazia, vão ler análises e críticas, e aí está feito o estrago: quando forem consumir o produto, já estarão com uma opinião pré-disposta em suas cabeças que dificilmente será mudada. Aí, teremos o cenário atual da internet devidamente arquitetado: umas 100 pessoas convictas de si e com uma opinião própria formada, que não querem se dar ao trabalho de opinar no meio de outras mil que ficam guerreando sob os argumentos dos 6 ou 7 que deram as primeiras críticas. O pessoal alienado fica se metralhando, e se alguém melhor instruído tentar entrar no meio para apaziguar, será metralhado junto, julgado sob ofensas, tido como "alguém que não entende nada", enfim. A alienação reinando sob o bom senso. E se tem uma coisa difícil de fazer funcionar na cabeça das pessoas é o bom senso. Tanto comportamento mais complexo que as pessoas apresentam, e algo simples como o bom senso parece inalcançável para a maioria.

Somando os dois pontos, de críticos em grande maioria despreparados, sendo ouvidos por pessoas em grande maioria alienadas, o resultado não pode ser outro senão a era mais chata da internet: pequenos defeitos são agigantados como se estragassem um filme (ou jogo, ou qualquer coisa que for), nuances e entrelinhas não são captadas pela maioria dos consumidores pelo fato destes terem perdido a sensibilidade para tal, obras gigantescas e bilionárias por vezes são chamadas de "lixo" só por "não terem desenvolvido melhor aquele personagem que eu adoro" (aliás, como está na moda criticar o mal desenvolvimento de personagens, hein? Porque claro, é muito fácil desenvolver 10 pessoas com 60 anos de histórias em quadrinhos nas costas em um filme de duas horas), entre tantas outras imbecilidades. E caso este parágrafo te revoltou, é porque você provavelmente já esqueceu do que falei sobre despreparo três parágrafos acima, afinal este é outro câncer da internet, viciar as pessoas em conteúdos curtos, tornando-as incapazes de conectar parágrafos "distantes" em um texto longo e fazer a correta interpretação da ideia proposta pelo autor.

Se já é difícil pedir para que aqueles que não entendem fiquem de boca fechada, e quase impossível ensinar disciplina e autocontrole para uma legião de pessoas ansiosas que não conseguem esperar algumas semanas para consumir aquele conteúdo pelo qual tanto anseiam, resta apelar aos críticos propriamente ditos, aqueles especializados, que pela lógica, têm mais voz e autoridade para falar sobre algo do que os produtores de conteúdo pequenos. Meu apelo é: deixem de ser tão chatos. Crítica é uma palavra que associamos ao negativo, "ele está te xingando, está apontando falhas e defeitos em você". Criticar, em essência, vai muito além disso: pode ser considerado como opinar, apontar fatores, enaltecer características. Críticos deveriam fazer este papel, mas poucos de fato o fazem e honram seu posto. A maioria gosta mesmo é de apontar os defeitos para se mostrar "entendido" naquele assunto. Volto a dizer: olhem para a era em que estamos! Nossos maiores sonhos de infância se tornaram realidade, uma realidade grandiosa que será referência das futuras obras por muitos anos. A tecnologia está em seu ápice, hoje aquela batalha no céu é realista, aqueles aliens e naves são realistas, aqueles heróis são realistas! Elencos são realmente parecidos com suas contrapartes nos quadrinhos, histórias mais longas e complicadas são possíveis, atuações são naturais e convincentes, não mais canastronas e forçadas como nos anos 90 e em algumas obras dos anos 2000. A indústria superou tantas limitações! Conseguiu finalmente alcançar aquele patamar no qual sempre sonhamos! E você vem criticar picuinhas como "câmera que chacoalha demais em cenas de luta"? Crie vergonha na cara, crítico do caramba!

__________________________________________________
Intel Core i5 4440 3.10 GHz | EVGA GTX 660 FTW ACX 2GB GDDR5 | MSI B85M-E45 Military Class 4 | RAM Corsair Vengeance 1x8 GB 1600 MHz | HD Seagate 1TB 7200 RPM | Corsair CX500M | Gabinete Cougar Archon + RGB LEDs | Windows 10 PRO 64-bits | Monitor LG 23MP55HQ-P 1080p 60 Hz | Amplificador Hayonik Neo 200w RMS + Grave Auxiliar Sharp | Teclado Mtek KP-807 | Mouse Fortrek Spider | Mousepad PCYES Speed Racer 800x400mm | Cadeira Cavaletti NewNet 16003

Textos | Jogos Finalizados


Willi
Rank 125 - Super Mario Galaxy 2
Rank 125 - Super Mario Galaxy 2

Mensagens : 6874
Data de inscrição : 05/05/2010
Idade : 20
Localização : Maravilha, SC

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CRÍTICOS, a culpa da internet estar tão chata é toda de vocês!

Mensagem por Alexandre em Qua Set 14, 2016 6:52 pm

Estamos na época onde os jovens chegam da escola, ligam o PC e vão no Youtube procurar vídeos de seu "gamer" favorito.

Alguns são tão influentes que a opinião deles sobre um jogo ou filme se torna quase universal. É comum você ler reviews ou ver comentários de pessoas que usam uma fala de alguém como "review". Esses dias atrás eu tava vendo um vídeo de um jogo, onde um cara deixou um comentário, e o outro respondeu embaixo: "Você só tá falando isso porque o Colônia Contra Ataca falou". Na hora eu pensei: "Esse cara nem jogou e nem prestou atenção no vídeo, só veio dar uma de engraçadinho".

Com filmes é a mesma coisa, e eu acho que chega a ser até pior. Se você for em sites de reviews e procurar filmes recém-lançados, vai ser bem fácil achar notas horríveis para produções gigantescas.

Uma explicação que o pessoal comenta é que os sites/blogs/jornais que publicam a análise querem atenção: "Ah, vamos dar nota 3 pra esse filmaço, todo mundo vai querer saber o motivo". E assim eles conseguem mais acessos. Chamam isso de "clickbait".

Só que no meu ponto de vista, se eu ouvir uma opinião sua (Willi) e depois ler uma crítica do Omelete por exemplo, acho que vou acreditar mais na sua. Não é porque o site trabalha com isso que ele tem uma opinião que vai fazer mais sentido pra mim. Mas parece que muita gente não entende isso, e "compra" uma opinião de algum youtuber ou site.

E eu concordo com o que você disse... Eu também só assisto um review ou vídeo sobre um game depois de jogá-lo, ou se possível zerá-lo. Até porque pra mim, spoiler não é só contar o desfecho do game. Se você ver um vídeo de meia hora do Zangado por exemplo, toda aquela meia hora inicial é um spoiler que você não vai ter mais a surpresa quando for jogar.

__________________________________________________

Alexandre
Rank 125 - Super Mario Galaxy 2
Rank 125 - Super Mario Galaxy 2

Mensagens : 6860
Data de inscrição : 04/05/2010
Idade : 24
Localização : Cordeiropolis, SP

Ver perfil do usuário http://smash-club.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CRÍTICOS, a culpa da internet estar tão chata é toda de vocês!

Mensagem por infernosword em Qua Set 14, 2016 9:53 pm

Eu discordo da primeira metade do texto e concordo com a segunda.

Como vocês já bem sabem, eu adoro sites de opiniões, assisto todos os youtubers gamers e compro peças novas para o meu PC todo dia para jogar tudo no Ultra a 60000 FPS e aguardar no hype de algum jogo novo, então nem preciso me prolongar nesse assunto, já que as minhas opiniões nesses campos já foram mais do que demarcadas. Eu já mijo nesse território há um bom tempo e já falei o que eu tinha de falar sobre essa coisa toda.

Agora, pela Nossa Senhora de Hyrule, Willi! Era de ouro do cinema? Nem a pau! Deve ser um confronto de gerações. Eu pessoalmente nunca vi o cinema tão plástico e descartável como atualmente, especialmente por causa dessas franquias Marvel e DC que eu pessoalmente odeio. Odeio Spiderman, odeio Superman, odeio Liga da Justiça. Gosto um pouquinho de X-Men, de Batman e só. É uma cagação de filme ridícula, filmes sem conteúdo, pouco inspiradores, insípidos, repetitivos, com aquela velha linha de narração estilo enlatado americano. E pior que um pesadelo, é um pesadelo que se repete. Eu pergunto: há necessidade de 12 filmes do homem de ferro, 18 do Hulk, 14 do negrinho do pastoreio e mais 7 dos três juntos? Eu respondo que não. Isso é cinema indústria, não arte. Para os que gostam, uma beleza, é um filme por mês. Para os que não gostam, porém é só não assistir. E também não ficar falando mal, afinal é algo que não nos interessa. Agora, chamar isso de era de ouro, era épica do cinema e outros títulos é uma piada de muito mal gosto. Quando eu era adolescente, os filmes pop que embalavam a piazada eram Gladiador, Matrix, Bruxa de Blair, Piratas do Caribe e Senhor do Anéis. Harry Potter um pouco mais pra frente. A turma dos 80 viu Hellraiser, de Volta para o futuro e O Clube dos Cinco. A dos 70 viu Poderoso Chefão. Hoje, esses filmes, se comparados aos de super-heróis atuais, são praticamente Metropolis e Casablanca contra o filme caseiro do youtuber da esquina.
Não é saudosismo. Hoje nós temos filmes extremamente bem feitos, como Birdman, Zootopia, O Grande Hotel Budapeste, a Menina que Roubava Livros e Circle, pra citar alguns mais atuais. Aliás, nunca se fez tanto filme quanto hoje, o que é muito massa, mas, se a era de ouro é hoje, com certeza não é pelos filmes de super-heróis, nem pelo mainstream.

__________________________________________________
E.T., opinião, telefone.

infernosword
Rank 106 - Metal Gear Solid 4: Guns of the Patriots
Rank 106 - Metal Gear Solid 4: Guns of the Patriots

Mensagens : 5945
Data de inscrição : 05/05/2010
Idade : 25
Localização : flying not yet quite the notion

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CRÍTICOS, a culpa da internet estar tão chata é toda de vocês!

Mensagem por Willi em Qua Set 14, 2016 10:19 pm

@Ale, perfeitamente exemplificado, até mesmo esse exemplo que tu deu da meia hora do Zangado. Eu procuro me privar até mesmo disso, quando é algo de interesse alto. Quando é interesse médio ou baixo aí eu até dou uma olhada só para saber mesmo do que se trata.

@Inf, desculpe, posso ter me passado nas exaltações. Te dou razão sobre o porte dos filmes que tu citou. Mas a ideia e ponto central do tópico não era discutir sobre melhores ou piores filmes (eu podia muito bem ter feito o mesmo tópico usando jogos como exemplo), mas usei os filmes para exemplificar por achar seus críticos [ainda] mais chatos que os dos jogos. Mas uma vez que os filmes de heróis (e não cinema em geral) foram tomados como exemplo, a ideia de enaltecer eles era demonstrar como estão avançados e cresceram em relação aos poucos Homem-Aranha e Justiceiro que tínhamos no início dos anos 2000. Exaltar como tudo que mais queríamos como fãs de heróis enquanto crianças (falando de batalhas, universos etc.) hoje se tornou realidade no cinema, e muitos em vez de aproveitar e curtir isso, ficam enchendo o saco. Aí no embalo da escrita a gente acaba usando umas hipérboles.


Última edição por Willi em Qui Set 15, 2016 10:43 am, editado 1 vez(es)

__________________________________________________
Intel Core i5 4440 3.10 GHz | EVGA GTX 660 FTW ACX 2GB GDDR5 | MSI B85M-E45 Military Class 4 | RAM Corsair Vengeance 1x8 GB 1600 MHz | HD Seagate 1TB 7200 RPM | Corsair CX500M | Gabinete Cougar Archon + RGB LEDs | Windows 10 PRO 64-bits | Monitor LG 23MP55HQ-P 1080p 60 Hz | Amplificador Hayonik Neo 200w RMS + Grave Auxiliar Sharp | Teclado Mtek KP-807 | Mouse Fortrek Spider | Mousepad PCYES Speed Racer 800x400mm | Cadeira Cavaletti NewNet 16003

Textos | Jogos Finalizados


Willi
Rank 125 - Super Mario Galaxy 2
Rank 125 - Super Mario Galaxy 2

Mensagens : 6874
Data de inscrição : 05/05/2010
Idade : 20
Localização : Maravilha, SC

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CRÍTICOS, a culpa da internet estar tão chata é toda de vocês!

Mensagem por infernosword em Qua Set 14, 2016 11:21 pm

OK, eu também não tinha muito o que dizer então levei a discussão pra um lado nada a ver xD
É que esse assunto já é bem resolvido pra mim, afinal eu não consumo nada desse povo formador de opinião, jogo meus joguinhos quando dá na telha e comento sempre depois de ter jogado ou pergunto pra vocês o que vocês acham do jogo tal e é isso.
Na verdade, eu não sei de onde vem essa sede da piazadinha de hoje em querer tanta gente dando opinião sobre alguma coisa. Me parece que fica aquele negócio tipo "Meu Deus, saiu The Witcher 3, preciso saber o que o youtuber X achou do jogo". E esses youtubers malandros enganam bem, dão um nó nessa piazadinha. Mas não sabem nada, jogam os jogos tudo nas coxa e rápido pra fazer a merda da review deles, pegam as notícias nos primeiros links que encontram e montam tudo como se soubessem alguma coisa do jogo, montam uma pose no vídeo e dão os tiros na água deles. Você vê nitidamente que o negócio deles é entretenimento e não indústria de games.
E essa rapaziada é boi de pasto que só consome as coisas e passa em branco, não tão também tão afim de fazer algo na indústria dos games (nem na indústria de nada), só querem se valer de estereótipos de Facebook, enquanto a vida real passa e eles se formam na Universidade de Nada em Lugar Nenhum.
Na minha juventude, a gente queria jogar o jogo. Era a prioridade #1. Depois ia ver o que eu chamo de conteúdo agregado, que são as notícias, reviews, cheats, detonados, matérias e o escambau. Tanto que o que vendiam eram revistas com CDs de demo, não CD de revistas avulsas. E não tinha opinião que valesse a pena antes de se jogar o jogo.
O problema é que a minha própria geração emburreceu nesse sentido, se acomodou com as facilidades da tecnologia e se tornou trouxa ao ponto de acreditar no que os outros dizem. E a nova geração é consequência disso. Mas eu sei que nesse rolê, a gente sempre acaba parando do lado de um Vibastos e de um Willi da vida, mais jovens mas que sabem o valor de um clássico, algo como a tribo dos digitais livres. Livres dessas amarras morais (e digitais) da sociedade moderna.
Aliás, eu tenho dois textos que esbarram um pouco nesse assunto, o do No Man Sky e o do Mini-NES. Eles tem uma reflexão um pouco melhor de como eu percebo essa situação.

PS: Lembrei de um caso cômico agora, que foi a vez em que você me recomendou as reviews do Zangado. Eu lembro que eu peguei e fui ver a review da série Donkey Kong. Cara, eu dava muita risada de todo aquele imbróglio que ele faz pra explicar os games até ele "apresentar" o Donkey Kong 64. Ficou muito claro pra mim que ele não jogou o jogo, só por aquele trecho. Engraçado é que o navegador fechou misteriosamente e eu nunca mais vi nada dele na vida xD

__________________________________________________
E.T., opinião, telefone.

infernosword
Rank 106 - Metal Gear Solid 4: Guns of the Patriots
Rank 106 - Metal Gear Solid 4: Guns of the Patriots

Mensagens : 5945
Data de inscrição : 05/05/2010
Idade : 25
Localização : flying not yet quite the notion

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CRÍTICOS, a culpa da internet estar tão chata é toda de vocês!

Mensagem por Alexandre em Qua Set 14, 2016 11:40 pm

infernosword escreveu:PS: Lembrei de um caso cômico agora, que foi a vez em que você me recomendou as reviews do Zangado. Eu lembro que eu peguei e fui ver a review da série Donkey Kong. Cara, eu dava muita risada de todo aquele imbróglio que ele faz pra explicar os games até ele "apresentar" o Donkey Kong 64. Ficou muito claro pra mim que ele não jogou o jogo, só por aquele trecho. Engraçado é que o navegador fechou misteriosamente e eu nunca mais vi nada dele na vida xD

Cara, esse vídeo da saga Donkey Kong do Zangado é uma piada pronta.

__________________________________________________

Alexandre
Rank 125 - Super Mario Galaxy 2
Rank 125 - Super Mario Galaxy 2

Mensagens : 6860
Data de inscrição : 04/05/2010
Idade : 24
Localização : Cordeiropolis, SP

Ver perfil do usuário http://smash-club.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CRÍTICOS, a culpa da internet estar tão chata é toda de vocês!

Mensagem por Willi em Qui Set 15, 2016 10:54 am

Tem coisa do Zangado que não desce mesmo. Algo que me incomodou recentemente foi a súbita paixão dele por Ratchet & Clank. Quando era pra falar da série em anos anteriores, ele jamais sequer a citou quando o assunto recorria aos tempos de PS2. Hoje, ele fala de Ratchet como um clássico absoluto (que é) mas enaltecendo umas memórias... nostálgicas... que bem... eu não sei se são dele. Acho que na ância de se mostrar um grande gamer ele tá criando umas personas que não são reais.

E o troço dos reviews, se forçado, mata com a sua diversão de jogar. Eu sei bem o que é. Aqui no fórum, pelo site não ser "meu", eu analiso um game meio que quando dá vontade, pois não preciso manter frequência. Aí fui lá, zerei um Arkham Knight que marcou a minha vida, achei digno escrever sobre, e escrevi. Já no Point, quando eu engato de fazer várias reviews, às vezes me pego jogando jogos que nem quero, só pra abastecer o blog com conteúdo diversificado. Quer dizer, o hobby deixa de ser hobby pra matar um outro hobby, tornando tudo um "trabalho". E aí a diversão que eu mais amo na minha vida está estragada pelo dever de transformá-la em conteúdo.

E não tem nada demais em jogar um game e dizer "achei foda" ou "achei ruim". Mas uma vez reviewer, você começa: "hmm, os gráficos tão daquele padrão"; "hmm, a trilha sonora tá boa, mas falta um toquezinho a mais"; "hmm, a jogabilidade podia ser um pouco melhor refinada". E tu mesmo estraga a tua diversão na ância de externar uma opinião complexa.

No fim, o crítico é o que mais se estressa e o que menos aproveita. Foda é quando a geração está mais interessada na opinião do crítico do que em aproveitar o conteúdo, e aí, "herdam" a frustração do crítico. E quem se diverte realmente somos nós, soltos das tais "amarras digitais".

__________________________________________________
Intel Core i5 4440 3.10 GHz | EVGA GTX 660 FTW ACX 2GB GDDR5 | MSI B85M-E45 Military Class 4 | RAM Corsair Vengeance 1x8 GB 1600 MHz | HD Seagate 1TB 7200 RPM | Corsair CX500M | Gabinete Cougar Archon + RGB LEDs | Windows 10 PRO 64-bits | Monitor LG 23MP55HQ-P 1080p 60 Hz | Amplificador Hayonik Neo 200w RMS + Grave Auxiliar Sharp | Teclado Mtek KP-807 | Mouse Fortrek Spider | Mousepad PCYES Speed Racer 800x400mm | Cadeira Cavaletti NewNet 16003

Textos | Jogos Finalizados


Willi
Rank 125 - Super Mario Galaxy 2
Rank 125 - Super Mario Galaxy 2

Mensagens : 6874
Data de inscrição : 05/05/2010
Idade : 20
Localização : Maravilha, SC

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CRÍTICOS, a culpa da internet estar tão chata é toda de vocês!

Mensagem por infernosword em Qui Set 15, 2016 6:00 pm

@Alexandre é patético, eu acho que eu fui premiado com o melhor vídeo da coleção! Puta que pariu!

@Willi tem isso também, uns youtubers que fingem serem apaixonados por um jogo só pra atrair o público daquele jogo. Esses caras são muito fake. E claro, tem os infantilóides, os nego de 30 anos na cara falando igual criança e fazendo conteúdo digno da grade dos Teletubbies. Vão se fuder!

__________________________________________________
E.T., opinião, telefone.

infernosword
Rank 106 - Metal Gear Solid 4: Guns of the Patriots
Rank 106 - Metal Gear Solid 4: Guns of the Patriots

Mensagens : 5945
Data de inscrição : 05/05/2010
Idade : 25
Localização : flying not yet quite the notion

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CRÍTICOS, a culpa da internet estar tão chata é toda de vocês!

Mensagem por infernosword em Sex Set 16, 2016 1:37 am

E só foi eu falar do filme Bruxa de Blair que acabei de descobrir que vai ter uma sequência lançada esse ano. Aí aí, por que não deixam a porra da bruxa em paz e vão fazer outro filme?

PS: Vai ter sequência de O Chamado também. Não acredito.

__________________________________________________
E.T., opinião, telefone.

infernosword
Rank 106 - Metal Gear Solid 4: Guns of the Patriots
Rank 106 - Metal Gear Solid 4: Guns of the Patriots

Mensagens : 5945
Data de inscrição : 05/05/2010
Idade : 25
Localização : flying not yet quite the notion

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CRÍTICOS, a culpa da internet estar tão chata é toda de vocês!

Mensagem por Alexandre em Sex Set 16, 2016 11:36 am

infernosword escreveu:E só foi eu falar do filme Bruxa de Blair que acabei de descobrir que vai ter uma sequência lançada esse ano. Aí aí, por que não deixam a porra da bruxa em paz e vão fazer outro filme?

Por causa disso:


__________________________________________________

Alexandre
Rank 125 - Super Mario Galaxy 2
Rank 125 - Super Mario Galaxy 2

Mensagens : 6860
Data de inscrição : 04/05/2010
Idade : 24
Localização : Cordeiropolis, SP

Ver perfil do usuário http://smash-club.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CRÍTICOS, a culpa da internet estar tão chata é toda de vocês!

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 6:00 am


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum