Squarimension S3 - E7

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Squarimension S3 - E7

Mensagem por Alexandre em Qui Mar 08, 2012 1:39 am

É isso mesmo. Aquele jogo de encontrar referências do fórum na fic está de volta.

Eu não vou falar quantas referências estão escondidas nesse episódio. Porém, posso adiantar que algumas estão bem na cara, já outras eu acredito que vocês só vão achar quando eu der a dica.

Enfim, boa leitura, e boa caçada pra quem estiver interessado.

Comentar o que acharam do episódio também seria legal.


Spoiler:
CORREDOR


Diego se aproximava do quarto de Simon, que estava fechado. Parou em frente a porta e deu algumas batidas de leve.


DIEGO: Simon, você está aí? Simon?


Diego lentamente abriu a porta, mas o quarto estava vazio.


DIEGO: Ué, que estranho? Pra onde ele foi? Melhor eu procurar em outro lugar.



Quando estava prestes a sair,notou um caderno de capa vermelha jogado na cama.



DIEGO: O que é isso? Um caderno...?



Ao pegar o caderno, abriu e leu uma página qualquer.



DIEGO: "Querido diário, hoje eu...?"



Diego levou um susto.



DIEGO: Meu Deus, isso é o diário do Simon!!



Diego rapidamente colocou o diário de volta na cama.



DIEGO: Tá bom! Eu não vou ler isso! Esse diário é do Simon e eu não posso ler! Tá bom, vou ler só UMA página e nada mais!


Pegou novamente o diário e sentou-se na cama.


DIEGO: ... Hum... Nossa... Eu não esperava isso do Simon não... Quer dizer que ele já... Uau, ele sabe como esconder as coisas!



Algum tempo depois, Larry entrou no quarto.



LARRY: Diego? Onde está o... O que está fazendo aqui?
DIEGO: Ah, nada não, Larry!



Diego jogou o diário pra baixo do travesseiro.


LARRY: Não esconda, o que você estava lendo?
DIEGO: Nada não, eu juro!



Larry se aproximou da cama e puxou o diário de baixo do travesseiro.



LARRY: Diego! Isso é o que eu estou pensando?
DIEGO: Depende, se você estiver pensando num caderno vazio, é isso mesmo!
LARRY: Nada disso, isso me parece ser um diário, e você não devia lê-lo.



Larry colocou o diário em cima da escrivaninha de Simon.



LARRY: Diários são pra guardar coisas pessoais, e, geralmente pessoas fazem confissões nele. E é falta de consideração ler os diários dos outros.
DIEGO: ...



Larry caminhou até a porta do quarto.



LARRY: E, espero que o Simon não descubra, ou a coisa vai ficar feia pra você.


Larry saiu do quarto.



==========================
EPISÓDIO DE HOJE: GUERRAS E BRIGAS
==========================


SALA



Simon assitia TV na sala, segurando o controle, quando Diego se aproximou.



DIEGO: Simon, eu... Posso falar com você um instante?
SIMON: O jogo volta em setescentos e cinco segundos, então pode.


Diego parou em frente a Simon, nervoso.


DIEGO: Eu... Tenho uma confissão a fazer.
SIMON: Bem, então, confesse.


Diego esfregava as mãos, enquanto se preparava para soltar as palavras.



DIEGO: Eu estava... No seu quarto... E...


Diego não conseguia falar.


SIMON: Olha, já faltam quase seiscentos segundos, vai falar ou não?


Diego falou rapidamente.



DIEGO: Eu li seu diário!!!
SIMON: ...


Simon ficou imóvel, apenas olhando para Diego.



DIEGO: Eu... Eu li sim, li quase tudo. Eu sei cada passo e cada pensamento seu dos últimos cinco dias!


Simon ainda não se mexia.



DIEGO: Por favor, me desculpa... Você não está zangado comigo, está?


Simon sacou uma arma que estava em seu bolso, e se levantou rapidamente. Em seguida, encostou a arma na testa de Diego e disparou, fazendo-o cair para trás, quebrando a mesa da sala.

===========================================================================



SIMON: ...
DIEGO: Então, eu fiz uma pergunta... Você não está zangado comigo, não?



Simon se levantou.


SIMON: Não, Diego... Imagina... Eu não estou zangado...



Simon caminhava até a cozinha.



SIMON: Afinal, um diário não é nada demais, né? É apenas um caderno velho, onde as pessoas escrevem seus pensamentos mais íntimos, esperando que ninguém, inclusive os melhores amigos, leia...



Diego seguia Simon.



DIEGO: Ah, Simon, não venha com essas indiretas... Eu não consegui resistir! Lamento! Escuta, se você quiser eu apago tudo que eu li da minha mente, assim ó!



Diego deu um toque em sua testa.



DIEGO: Pronto, apaguei!!



Na cozinha, Simon pegou uma xícara e foi até a cafeteira.



SIMON: Esquece, Diego. O que você fez já está feito, e não dá pra voltar atrás.



Simon encheu a xícara com café da cafeteira.




DIEGO: Eu sei, mas você está levando tudo isso muito a sério.




Simon segurava a xícara enquanto falava.



SIMON: Já falei pra não se preocupar com isso. Mas fique sabendo que eu não gosto de pessoas que se interessam na vida dos outros!
DIEGO: Ah, Simon, você vai fazer essa birra toda por causa de um diário? Você tá parecendo uma menina!




Simon jogou o café quente nos olhos de Diego, que deu um grito de dor. Em seguida, pegou uma panela e deu-lhe um golpe na cabeça, fazendo-o cair no chão.


==========================================================================



DIEGO: Simon, você está bem?


Simon ainda segurava a xícara enquanto pensava.



SIMON: ...Estou, fica longe de mim, ok?


Simon largou a xícara na mesa e saiu.


DIEGO: ...Droga, meu melhor amigo duvidando de mim por causa de uma coisa boba dessas? Bom... Pelo menos parece passageiro...



Ray entrou na cozinha.



RAY: O que houve? O Simon passou por aqui como se quisesse matar alguém.


Diego se assustou.


DIEGO: Parecia mesmo que ele queria matar alguém??
RAY: Bom, acho que ele não seria capaz... Mas uma vez eu mostrei pra ele um site onde se contratam assassinos, vai que ele está considerando a ideia...



Diego tentou explicar.



DIEGO: Ray... Me diga uma coisa... O que você faria se alguém lesse seu diário?
RAY: Provavelmente eu daria um tiro na cabeça dessa pessoa.
DIEGO: Eu tô falando sério!
RAY: Bom... Acho que eu evitaria falar com esse sujeito, porque ele não passa de uma pessoa falsa, e que não tem a menor consideração com os outros.



Ray saiu da cozinha.




DIEGO: Obrigado! Era tudo que eu queria ouvir!!



========================================================================



SALA DE REUNIÃO



Na sala, todos esperavam por Larry. Simon e Diego sentavam-se um de frente com o outro, mas não se falavam. Diego ainda estava nervoso com o ocorrido, já Simon ainda parecia furioso. Foxy e Psycho sentavam-se lado a lado e comentavam.



PSYCHO: Olha, eu não sei não, mas o Simon tá com cara de que quer matar alguém, e esse alguém é o Diego...
FOXY: O que será que aconteceu?
PSYCHO: Eu não faço ideia, mas não estou gostando disso. Sabe, eu vi um filme onde o cara olhava assim pro parceiro, e de repente, ele pegou um lápis em cima da mesa, e enfiou a ponta dele no peito do cara. Se o Simon pegar um lápis, você corre!
FOXY: Estranho... O Simon geralmente não é assim. Parece que o humor dele muda fácil.


Larry chegou.


LARRY: Pessoal, os últimos relatórios mostram que nossa última missão no Pólo Norte foi... O que está havendo aqui?


Larry não demorou pra perceber o clima entre Simon e Diego.



DIEGO: ...Eu não fiz nada, é ele que quer acabar comigo!
SIMON: Quem disse que você não fez nada?


Larry se lembrou do que havia visto anteriormente.


LARRY: Ah... Acho que estou entendendo...




Nesse momento, Psycho se levantou e deu a volta na mesa, parando ao lado de Simon.



PSYCHO: Simon, com licensa? Pode abrir os braços?


Simon não entendeu, mas abriu os braços. Psycho começou a fazer uma "vistoria" em Simon.



SIMON: Ei, qual a sua ideia?
PSYCHO: Estou vendo se você não está escondendo nenhum lápis...



Larry interrompeu.



LARRY: Diego, você já pediu desculpas pro Simon?
DIEGO: Tá brincando né? Eu devo ter pedido umas quinze vezes!
LARRY: Então porque não dá mais uma chance ao Diego, Simon? Vocês são grandes amigos, não precisam brigar por algo que, tecnicamente, não machucou ninguém.




Simon parou, respirou fundo e começou a pensar.



SIMON: ...Você promete que não vai mais mexer nas minhas coisas?
DIEGO: ...Tá, eu prometo!


Larry cruzou os braços.



LARRY: Agora, façam as pazes, e, vamos esquecer tudo que aconteceu. Brigas não são o estilo da base.



Simon e Diego apertaram as mãos, pela mesa mesmo. De repente, Psycho gritou.



PSYCHO: AHÁ!!



Psycho colocou a mão no bolso das calças de Simon e puxou uma caneta.



PSYCHO: Eu bem que suspeitava! Pode não ser a arma mais adequada do mundo, mas eu conheço as intenções de um assassino.


Todos olharam pra Psycho.



PSYCHO: ...Que foi...? Er... Claro que eu tô só brincado... Ok, ninguém riu...


===========================================================================


COZINHA




No dia seguinte, Diego lia um jornal, quando Simon entrou trazendo seu diário.



SIMON: Sabe o que é mais engraçado? É que mesmo você sabendo tudo a meu respeito, eu ainda confio em você.
DIEGO: É mesmo?
SIMON: Sim, você é meu amigo, e eu sei que não vai sair espalhando meus segredos pra todo mundo.



Diego ergueu os olhos do jornal.



DIEGO: Ó, se não quer que ninguém leia seu diário, é melhor não deixar em qualquer lugar.
SIMON: ...Que diário?
DIEGO: O seu, ora!


Simon olhou pro diário e começou a rir.



SIMON: Ah, Diego... Isso aqui não é meu diário não! Eu tô escrevendo uma fic, e estou criando isso como a biografia do personagem.



Diego ficou tão abalado que até largou o jornal.



SIMON: ...Espera aí! É isso, você nunca leu meu diário!! Eu tinha deixado esse caderno em cima da cama, e você pegou ao acaso! Que confusão, né?




Simon saiu da cozinha.



SIMON: Espera até todo mundo descobrir isso!



Diego caiu de cara na mesa.



==============================================================================


ESCRITO POR ALEXANDRE


PSYCHO: Até a próxima... Talvez até lá eu lembre de uma piada melhor...


Última edição por Alexandre em Sab Mar 17, 2012 1:04 am, editado 1 vez(es)

__________________________________________________

Alexandre
Rank 125 - Super Mario Galaxy 2
Rank 125 - Super Mario Galaxy 2

Mensagens : 6860
Data de inscrição : 04/05/2010
Idade : 24
Localização : Cordeiropolis, SP

Ver perfil do usuário http://smash-club.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Squarimension S3 - E7

Mensagem por infernosword em Qui Mar 08, 2012 6:16 am

Eu lembro da vez que eu tentei e não achei nenhuma referencia. Vou tentar de novo.

__________________________________________________
E.T., opinião, telefone.

infernosword
Rank 106 - Metal Gear Solid 4: Guns of the Patriots
Rank 106 - Metal Gear Solid 4: Guns of the Patriots

Mensagens : 5945
Data de inscrição : 05/05/2010
Idade : 25
Localização : flying not yet quite the notion

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum