Squarimension S2 - E8

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Squarimension S2 - E8

Mensagem por Alexandre em Qua Ago 31, 2011 12:33 am

Parte final da saga Terror na cidade abandonada.

Spoiler:
TEMPORADA 02 - EPISÓDIO 08

TERROR NA CIDADE ABANDONADA - FINAL


Enquanto Ray e Cheryl avançavam em direção ao hotel, Simon e Harry já se encontravam no local. Ambos estavam parados em frente a estranha porta que haviam encontrado no corredor do hotel.


HARRY: ...Está trancada...
SIMON: O que faremos?
HARRY: Me ajude aqui! Quando eu contar até 3, vamos arrombar essa porta!

Simon e Harry encostaram na porta, se preparando para avançar.

HARRY: Vamos! 1... 2... 3!!!


Ambos se jogaram na porta. A mesma se abriu com facilidade, e os dois caíram no chão, dentro de uma estranha sala.


SIMON: Ai... Essa doeu...
HARRY: ...Bem... Que lugar é esse...?

Simon, usando a lanterna, começou a vasculhar o local. Estavam em uma grande sala escura, com um enorme símbolo desenhado no chão, e outro na parede. Era como se fosse um local sagrado.

SIMON: Que lugar horrível.
HARRY: Parece uma sala de rituais!


Nesse momento, ambos escutaram algo vindo da entrada do hotel.


SIMON: ...Você ouviu isso?
HARRY: Acho que tem alguém... Ou algo aqui...


Os dois se aproximaram da porta da sala de rituais e observaram o corredor.

SIMON: Olha lá... Tem duas figuras se aproximando...


Os dois observaram dois vultos chegando perto deles. De repente, Tiveram reconhecimentos.


SIMON: Ray!!
HARRY: Cheryl!


Harry correu até Cheryl e a abraçou. Simon fez o mesmo com Ray.


HARRY: ...Eu estava preocupado com você, filha...
SIMON: Ray!! Você não sabe como fiquei preocupado com você!
RAY: Você sabe que eu sei me virar... Na verdade, eu estava preocupada com você... Só um pouco...


Após o momento de encontro, Harry se aproximou de Ray.


HARRY: Você é Ray, correto? Você que ajudou minha filha?
RAY: Sim... Na verdade, encontrei ela por acaso, então resolvemos andar juntas.


Harry pegou a mão de Ray.


HARRY: Obrigado por ajudar minha filha...
RAY: Não se preocupe com isso...


De repente, Simon interrompeu.

SIMON: Pessoal, a Cheryl foi até a sala de rituais sozinha.
HARRY: ...O que ela quer lá?


Todos entraram na sala e encontraram Cheryl parada acima do símbolo do chão. Simon se aproximou.


SIMON: O que houve com você?

De repente, Cheryl desmaiou. Felizmente, Simon a segurou.


SIMON: Cheryl!!
HARRY: O que houve com ela??

Harry pegou Cheryl nos braços.


HARRY: Ela não pode ficar aqui! Vamos embora imediatamente.
RAY: Concordo! Precisamos sair dessa cidade!


Todos correram para a saída, porém a porta se fechou sozinha, trancando todos na sala.


HARRY: E agora?


Simon observou o centro da sala, e notou que o símbolo no chão começou a brilhar. De repente, um vulto começou a se levantar do chão.


RAY: ...Que diabos é isso agora?


A sombra ficou com cerca de dois metros e meio de altura. Até que tomou a forma de um ser com cabeça em forma de pirâmide, que segurava uma enorme espada.


SIMON: Meu Deus! Que coisa é essa?
HARRY: Eu não posso deixar essa coisa pegar Cheryl! Simon, pegue isso!


Harry jogou a arma para Simon.


SIMON: Deixa comigo!


Simon começou a atirar na cabeça da criatura, mas os tiros pareciam bater e cair com um som metálico.


SIMON: Ele é imune a balas...
HARRY: Alguma ideia?


A criatura andava lentamente, se aproximando deles. Porém, todos sabiam que apenas um corte daquela espada seria capaz de
partí-los no meio.


SIMON: Sai de perto, Harry!

Simon foi até a porta e disparou vários tiros. De repente, a porta estava aberta.


SIMON: Vamos embora!


Todos correram pelo corredor até a saída do hotel. A cidade estava completamente diferente do que haviam visto antes.


SIMON: ...O que aconteceu?
HARRY: Essa não parece a mesma cidade!
RAY: ...


A cidade estava completamente escura. A névoa havia desaparecido, e as casas e ruas pareciam muito mais velhas do que antes.


HARRY: Não interessa, vamos pra saída agora!

Todos saíram correndo procurando pela saída da cidade.


Enquanto viravam as ruas, observavam que muitas criaturas estavam surgindo pela cidade. Mas eles não podiam parar para
enfrentá-las, precisavam salvar Cheryl.

SIMON: Graças a Deus! Lá está meu carro, vamos!


Simon entrou seu carro parado em frente a cerca. Rapidamente, todos entraram, já que Simon deixou a porta da frente aberta.


SIMON: A chave, droga... A chave...


Simon revirou o carro e achou a chave de partida. Rapidamente, deu ré para virar o carro na estrada, e fugiu da cidade.

=========================================================================================================================


No carro, Simon e Harry iam na frente, enquanto Cheryl e Ray iam atrás.


HARRY: Simon... Você salvou nossas vidas...
SIMON: Não precisa me agradecer, Harry.
RAY: Pessoal, Cheryl está acordando!


Rapidamente, Harry e Simon olharam para trás e viram Cheryl se levantando.


CHERYL: O...O que aconteceu...? Eu me lembro que alguém me mandou ir até o hotel da cidade...

Rapidamente, Simon e Harry decifraram o enigma.

HARRY: Filha, você precisa descansar... Estamos chegando em casa, ok?
CHERYL: ...Ok...


Algum tempo depois, o carro de Simon encontrava-se parado na estrada. Harry e Cheryl estavam do lado de fora.


SIMON: Tem certeza, Harry?
HARRY: Sim, Simon. Daqui pegamos um ônibus para nossa cidade. Vocês podem voltar pra casa.
SIMON: ...Tudo bem...


De repente, Cheryl se aproximou de Ray e pegou algo em seu bolso.

CHERYL: Ray, eu quero que fique com isso. Obrigada por me ajudar...


Cheryl entregou um broche com o desenho de um coração nas mãos de Ray.


RAY: ...Obrigada, Cheryl. Eu não vou esquecer de você...

Harry e Cheryl se afastaram, enquanto Simon ligou novamente o carro e seguiu estrada.

======================================================================================================================


O carro avançava pela estrada que passava pela beira de uma montanha.


RAY: Estou cansada... Quero chegar na base logo... Que dia foi esse...
SIMON: Eu digo o mesmo...


De repente, Simon levou um enorme susto, que o fez frear o carro imediatamente. Na estrada, o cabeça de pirâmide se encontrava logo a frente do carro.


SIMON: Eu não acredito!!
RAY: Ele de novo? Como isso é possível?

Os dois desceram do carro.

SIMON: Temos que nos livrar dele... Mas como?

De repente, o cabeça de pirâmide avançou rapidamente, e agarrou Ray com uma única mão.


RAY: ...Me... Me solta!

Ray tentou eletrocutá-lo, mas ele parecia imune ao choque. Rapidamente, o monstro avançou e agarrou Simon também.


SIMON: Argh... Ele é muito forte...


O cabeça de pirâmide levou os dois até a beira do barranco.


SIMON: ...O que ele pretende...?

De repente, a criatura arremessou os dois em direção ao abismo.


Simon e Ray gritavam enquanto caíam. Simon observava o chão se aproximando ao longe. A cada segundo, ele tinha certeza que sua morte estava chegando.

======================================================================================================================



BASE DA SQUARIMENSION


O grupo voltava da missão.


LARRY: Vamos ver como os dois se saíram.
DIEGO: Espero que estejam vivos pelo menos.


Larry abriu a porta, mas não havia ninguém na entrada.

LARRY: ...Olá? Simon? Ray?
FOXY: Não estão aqui... Onde podem estar?
PSYCHO: Eu vou procurar nos quartos.


O grupo continuava procurando. De repente, Diego chamou todos da sala de estar.


DIEGO: Pessoal, venham ver. Vocês não vão acreditar nisso.


Realmente, quando chegaram ninguém acreditou. Simon e Ray dormiam tranquilamente no sofá da sala de estar.


PSYCHO: Olha só isso! É uma cena quase impossível.


Diego resolveu acordá-los.


DIEGO: Ei, vocês dois!


De repente, ambos levantaram assustados.


SIMON: ...O que aconteceu? Ray, cadê você?
RAY: Aqui, e... Espera, como viemos parar aqui?
DIEGO: ...Como assim?


Simon se levantou e tentou explicar.


SIMON: Ray e eu... Estávamos numa cidade... E, um monstro nos arremessou em um abismo, e... Espera um pouco...


Larry se aproximou da mesa e pegou a caixa de um game que repousava lá.


LARRY: Vocês estavam jogando isso antes de dormir?


Larry mostrou a caixa de um jogo de terror.


SIMON: Sim, e...
LARRY: Explicado! Vocês jogaram um jogo de terror e tiveram um pesadelo. Nada de mais.



Simon e Ray se entreolharam, não muito satisfeitos com a explicação de Larry.

FOXY: Que bom que vocês se deram bem aqui. Vamos, Larry, precisamos arrumar o relatório da missão.
LARRY: Sim.


O grupo deixou Ray e Simon na sala de estar.


SIMON: ...Ray... Você se lembra, não?
RAY: De tudo... Do monstro, da cidade, Harry e Cheryl...
SIMON: Isso é muito estranho... Será que sonhamos tudo isso?
RAY: Acho que não vamos chegar a descobrir se isso foi sonho ou real...


==========================================================================================================



ALGUM TEMPO DEPOIS.


Psycho varria a sala de estar.


PSYCHO: Muito bem, só falta varrer em baixo do sofá...


Psycho empurrou o sofá. Ao fazer isso, notou um objeto caído abaixo do móvel, e resolveu pegá-lo.


PSYCHO: O que é isso... Um broche? De quem será? Bem, vou deixar aqui na mesa, depois eu pergunto...


ESCRITO POR ALEXANDRE

E esse é o fim de mais uma saga inspirada em games.


Última edição por Alexandre em Qua Fev 15, 2012 8:19 pm, editado 1 vez(es)

__________________________________________________

Alexandre
Rank 125 - Super Mario Galaxy 2
Rank 125 - Super Mario Galaxy 2

Mensagens : 6855
Data de inscrição : 04/05/2010
Idade : 24
Localização : Cordeiropolis, SP

Ver perfil do usuário http://smash-club.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Squarimension S2 - E8

Mensagem por infernosword em Qua Ago 31, 2011 1:48 am

Fecho agora?

__________________________________________________
E.T., opinião, telefone.

infernosword
Rank 106 - Metal Gear Solid 4: Guns of the Patriots
Rank 106 - Metal Gear Solid 4: Guns of the Patriots

Mensagens : 5939
Data de inscrição : 05/05/2010
Idade : 25
Localização : flying not yet quite the notion

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Squarimension S2 - E8

Mensagem por Alexandre em Qua Ago 31, 2011 10:08 am

infernosword escreveu:Fecho agora?

Depende do que você está falando.

Esse episódio fechou.

__________________________________________________

Alexandre
Rank 125 - Super Mario Galaxy 2
Rank 125 - Super Mario Galaxy 2

Mensagens : 6855
Data de inscrição : 04/05/2010
Idade : 24
Localização : Cordeiropolis, SP

Ver perfil do usuário http://smash-club.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Squarimension S2 - E8

Mensagem por Convidad em Qua Ago 31, 2011 10:58 am

PQP QUE FODAAAA,cara,você escreve muito bem.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Squarimension S2 - E8

Mensagem por Alexandre em Qua Ago 31, 2011 11:22 am

vibastos escreveu:PQP QUE FODAAAA,cara,você escreve muito bem.

Poxa, obrigado! Very Happy

__________________________________________________

Alexandre
Rank 125 - Super Mario Galaxy 2
Rank 125 - Super Mario Galaxy 2

Mensagens : 6855
Data de inscrição : 04/05/2010
Idade : 24
Localização : Cordeiropolis, SP

Ver perfil do usuário http://smash-club.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Squarimension S2 - E8

Mensagem por infernosword em Qua Ago 31, 2011 5:42 pm

Alexandre escreveu:
infernosword escreveu:Fecho agora?

Depende do que você está falando.

Esse episódio fechou.

achei que tinha chegado ao fim da série.

__________________________________________________
E.T., opinião, telefone.

infernosword
Rank 106 - Metal Gear Solid 4: Guns of the Patriots
Rank 106 - Metal Gear Solid 4: Guns of the Patriots

Mensagens : 5939
Data de inscrição : 05/05/2010
Idade : 25
Localização : flying not yet quite the notion

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Squarimension S2 - E8

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 3:46 pm


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum