Squarimension S2 - E5

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Squarimension S2 - E5

Mensagem por Alexandre em Sab Ago 20, 2011 12:00 am

Sim, eu sei que está cedo para lançar outro episódio, mas porque estou fazendo isso?

Esse episódio de Squarimension é dividido em 4 partes. É mais um episódio especial que homenageia uma série de vídeo-game (Lembram do que fiz com Zelda?).

Como todos sabem, essa semana vai haver o desafio Hot Swap, onde nós vamos trocar de avatares, assinaturas e também o nosso estilo.

Para participar perfeitamente da brincadeira, não vou postar os episódios da fic durante o desafio. Ou seja, o próximo episódio de Squarimension só vai sair no sábado que vem.

Por isso, resolvi postar logo a primeira parte dessa saga pra vocês lerem. Mas porque estou fazendo isso? Assim dá tempo de vocês lerem esse episódio e criarem expectativas para seu desfecho. Assim, fica mais legal esperar pela continuação dele.

Então é isso. Acompanhem a primeira parte da saga "Terror na Cidade Abandonada", e até sábado que vem.

Spoiler:
TEMPORADA 02 - EPISÓDIO 05


TERROR NA CIDADE ABANDONADA PARTE 1


QUARTO DO SIMON, 6:00 DA MANHÃ.


Simon dormia tranquilamente em seu quarto, quando de repente o alarme da base soou. Após levar um susto, Simon caiu da cama.

SIMON: ...Eu preciso parar de cair da cama toda vez que escuto esse alarme...


SALA DE REUNIÕES, 6:10 DA MANHÃ.

Após o grupo todo estar reunido, Larry começou a falar.


LARRY: Pessoal, tenho uma missão para vocês.
SIMON: Muito bem, estamos esperando.


Larry colocou um mapa sobre a mesa.


LARRY: Recentemente, um grupo de exploradores foi investigar as ruínas de uma antiga civilização perdida, e misteriosamente
desapareceram. Precisamos ir até essa região, e procurar por eles.


Simon ajeitou seus óculos de aviador e começou a falar.


SIMON: Vai ser fácil. Nesse caso, vamos logo para economizar tempo!
RAY: E desde quando é você quem dá as ordens por aqui?


Simon olhou para Ray, já se irritando.


SIMON: Eu não estou dando ordens! Só estou sugerindo que não percamos tempo aqui!
DIEGO: Ih... Vão começar...
RAY: Nesse caso, você deveria ficar quieto e esperar que Larry nos dê ordens, não?


Simon se levantou.


SIMON: Escuta aqui... Se você continuar dirigindo as palavras a mim dessa forma, eu não sei o que eu faço, ouviu bem?


Todos sabiam que aquilo ia acabar mal, mas estavam esperando pra ver o que ia acontecer. Ray também se levantou.


RAY: Claro... Claro... Se bem que é normal você não saber o que faz.


Simon deu a volta na mesa e parou ao lado de Ray.


SIMON: Você sabe o que acontece com quem fala comigo dessa forma?
RAY: Não, mas quer que eu diga o que eu acho que acontece?
SIMON: Agora chega!


Os dois começaram a brigar, mas Diego correu até eles e puxou Ray para trás, enquanto Foxy puxou Simon, separando os dois.


LARRY: Basta! Vocês dois! Parem com isso agora!

Ninguém havia se machucado, mas Larry ficou irritado com a atitude dos dois.

LARRY: Por favor! Será que não podemos passar um simples dia sem que vocês dois hajam como selvagens?

Simon e Ray voltaram para seus lugares, agora meio abatidos com a repreensão de Larry.

LARRY: Querem saber de uma coisa? Vocês dois estão dispensados dessa missão!


Simon e Ray ficaram supresos.


SIMON E RAY: Mas...
LARRY: Por favor! Sem mais discussões! Vocês dois não irão com a gente para esse trabalho. Quero ver se aprendem algo com isso!


Psycho começou a falar.


PSYCHO: Mas o que eles farão enquanto estivermos fora?


Larry pensou.


LARRY: Bem, na verdade... Acho que é bom que eles fiquem aqui na base. Não podemos deixar esse lugar totalmente abandonado enquanto vamos para uma missão! É isso! Vocês dois tomam conta da base!


Simon e Ray se entreolharam.


FOXY: Larry, tem certeza disso?
DIEGO: E se um matar o outro?
LARRY: Isso descontaria dois pontos na ficha deles.
DIEGO: Ah, bom... Menos mal...


BASE, 6:28 DA MANHÃ


Todos estavam prontos para a partida. No portão da base, Simon e Ray se despediam.


FOXY: E, por favor, juízo enquanto estamos fora, ok?
PSYCHO: Nada de brigas entre vocês.


Os dois acenaram positivamente, mas não falaram nada. O grupo se afastou. Diego olhou para trás.


DIEGO: E nada de morte enquanto estamos fora, entenderam?


Ao entrarem de volta na base, Simon trancou a porta e olhou para Ray.


SIMON: Bem... Então... Acho melhor obedecermos a eles... Nada de brigas, combinado?
RAY: ...Eu acho que sim.
SIMON: Então, vamos ser amigos enquanto eles estão fora.


Simon e Ray apertaram as mãos.


RAY: Mas enquanto isso, o que vamos fazer?
SIMON: Não sei... Vamos procurar algo enquanto eles não voltam.


CÉUS, 7:00 DA MANHÃ.


O avião com o grupo sobrevoava as nuvens. Lá dentro, Diego parecia meio preocupado.


DIEGO: Será que eles estão bem? Eu sei que faz só meia hora que saímos, mas para aqueles dois, 20 minutos bastam.
FOXY: Já sei, porque não liga para eles?
DIEGO: ...É isso que eu vou fazer!


Diego pegou o celular e tentou ligar para eles.


DIEGO: ...Espero que ainda tenha sinal... Ei, consegui!


BASE, SALA DE ESTAR, 7:02 DA MANHÃ.


Simon e Ray jogavam video game na sala, quando o telefone tocou. Simon atendeu.


SIMON: Eu pensei que não permitiam celulares no avião?
DIEGO: É rápido! Só liguei pra saber se os dois estão vivos?
SIMON: Sim, estamos jogando vídeo game. Está tudo bem.
DIEGO: Menos mal! Ah, e por falar nisso, nossa missão pode demorar um pouco. Vocês vão ficar bem mesmo?
SIMON: Já disse que sim!
DIEGO: Ok... Então tudo bem! Tchau.


Simon desligou o telefone.


RAY: Eles já estão achando que nós brigamos?
SIMON: Sim. E também disseram que a missão pode demorar um pouco.


Simon colocou o controle sobre a mesa da sala.


SIMON: Eu não entendo esse jogo! Nunca consigo todas as armas!
RAY: É porque você não procura direito.


Nesse momento, o telefone tocou novamente.


SIMON: São eles de novo. Vou ativar o viva-voz pra você ouvir!
RAY: Vai lá!


Simon apertou a tecla viva-voz do telefone e atendeu.


SIMON: Alô? Bom dia?


Nesse momento, um enorme chiado quase deixou Simon surdo. Rapidamente, afastou o telefone do ouvido.


SIMON: Ei? Pessoal?


A voz de Larry no telefone parecia desesperada.


LARRY: Si... Mon... A gente... Socorro...


Em seguida, um som monstruoso saiu do telefone. Como se algo houvesse atacando Larry.


SIMON: Larry? Isso não é engraçado! O que está acontecendo?


O telefone ficou mudo. Simon o colocou de volta no gancho e olhou para Ray assustado.


RAY: O... O que foi isso?
SIMON: Eu não sei... Rápido, vamos buscar ajuda!
RAY: Onde?
SIMON: Eu não sei... Precisamos procurar alguém...


Simon pegou um mapa que estava sobre a mesa.


SIMON: ...Tem uma base militar a cerca de 90 quilômetros daqui... Dá pra ir de carro! Vamos!
RAY: ...Mas não podemos deixar a base abandonada!


Simon, nervoso, começou a falar.


SIMON: Você ouviu o telefone? Tinha alguma coisa acontecendo com eles!


Ray não podia discordar.


ESTRADA, 7:20 DA MANHÃ.


Simon dirigia pela pista o mais rápido possível Uma forte névoa tomava conta da estrada. Ray ia no banco logo ao lado.


SIMON: Espero que eles estejam bem... Eu não sei o que seria de nós se...


Nesse momento, o celular de Ray tocou. Ela atendeu.


RAY: Alô... Larry?


Simon se virou para Ray, espantado.


RAY: Larry, o que aconteceu?


Simon tomou o celular da mão de Ray.


SIMON: Larry? Está tudo bem? Onde você está? ... Como assim? Chegaram agora no destino? Mas você...
LARRY: Calma Simon! Só liguei pra saber se está tudo bem?


Simon ficou irritado.


SIMON: Tudo bem?? É assim que você pergunta? Ray e eu estamos desesperados indo buscar ajuda pra vocês!!
LARRY: Ajuda? Do que está falando, Simon?
SIMON: Você ainda pergunta! Você ligou pra cá desesperado pedindo ajuda, parecia que havia um monstro te atacando, e...
LARRY: Simon, eu não liguei pra você!


Simon passou de irritado para espantado.


SIMON: ...Não?
LARRY: Não! Diego ligou perguntando se estava tudo bem, e eu liguei agora. Mas como ninguém na base atendeu, eu liguei pro
celular da Ray.

Nesse momento, Ray gritou assustada.


RAY: Simon! Cuidado!


Em meio a névoa, uma cerca surgiu. Simon desviou rapidamente, mas o carro acabou caindo numa ladeira.


SIMON: Essa não!


O carro capotou algumas vezes. Quando finalmente parou, Simon e Ray estavam inconscientes. Larry começou a falar no celular.


LARRY: Simon? Simon, o que aconteceu? Alô?


?????????? ??:??


Simon acordou, ainda com um pouco de dor de cabeça.


SIMON: Ai... O que aconteceu... O carro... Ray?


Simon olhou para o banco ao lado, mas Ray não estava mais lá.


SIMON: Ray? Ray, cadê você?


Simon tirou o cinto de segurança, abriu a porta e saiu do carro. Estava em algum lugar na pista, mas não via nada além de
névoa ao seu redor.


SIMON: Que lugar é esse...?


Simon voltou pro carro. Ao procurar no banco de trás, pegou uma lanterna, e acendeu. Fora do carro, começou a olhar ao redor
procurando por Ray.


SIMON: Ray!! Onde você está? Porque saiu sozinha?

Simon começou a caminhar. Após percorrer a pista por alguns minutos, encontrou uma velha placa. Ao mirar a lanterna, conseguiu ler.


SIMON: Bem vindo a... Silent...O resto da placa não dá pra ler...


Ao caminhar mais um pouco, encontrou a entrada de uma cidade que parecia abandonada a anos.

SIMON: ...Será que a Ray veio pra cá...?


CONTINUA


Última edição por Alexandre em Qua Fev 15, 2012 8:18 pm, editado 2 vez(es)

Alexandre
Rank 125 - Super Mario Galaxy 2
Rank 125 - Super Mario Galaxy 2

Mensagens : 6856
Data de inscrição : 04/05/2010
Idade : 24
Localização : Cordeiropolis, SP

Ver perfil do usuário http://smash-club.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Squarimension S2 - E5

Mensagem por Convidad em Sab Ago 20, 2011 12:37 am

PQP!
TO SUPER CURIOSO PRA VER O PROXIMO EPISODIO!

Tomara que essa semana passe rapido ^^

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Squarimension S2 - E5

Mensagem por Alan Borges em Sab Ago 20, 2011 12:16 pm

Se eu pegar o nome do Alexandre na Hot Swap, eu vou continuar a fic Twisted Evil

Alan Borges
Rank 14 - Super Mario World
Rank 14 - Super Mario World

Mensagens : 1329
Data de inscrição : 04/05/2010
Idade : 23
Localização : Arapongas

Ver perfil do usuário http://n64brasil.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Squarimension S2 - E5

Mensagem por Alexandre em Sab Ago 20, 2011 12:23 pm

Alan Borges escreveu:Se eu pegar o nome do Alexandre na Hot Swap, eu vou continuar a fic Twisted Evil

Faz isso...

Alexandre
Rank 125 - Super Mario Galaxy 2
Rank 125 - Super Mario Galaxy 2

Mensagens : 6856
Data de inscrição : 04/05/2010
Idade : 24
Localização : Cordeiropolis, SP

Ver perfil do usuário http://smash-club.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Squarimension S2 - E5

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 8:11 am


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum