Squarimension S2 - E2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Squarimension S2 - E2

Mensagem por Alexandre em Seg Ago 15, 2011 12:54 am

Segundo episódio da Segunda temporada, lançado nessa Segunda:

Spoiler:
TEMPORADA 02 - EPISÓDIO 02: O ASTRO



COZINHA, 8:00 DA MANHÃ



Simon estava em frente ao fogão, segurando a frigideira com massa.


SIMON: Muito bem... Agora é só pôr pra esquentar, e teremos uma boa panqueca!


Simon colocou a frigideira perto do fogo.


SIMON: Agora, como aqueles chefs de cozinha fazem mesmo? Ah sim, eles jogam a massa pro alto e pegam de volta na panela!


Simon jogou a massa que estava na frigideira para o alto.


SIMON: Agora é só esperar... Espera um pouco, porque ela não volta?


Simon olhou para o teto e viu a massa grudada, no meio de outras duas que já estavam lá.


SIMON: É... Parece que eu não nasci pra cozinhar mesmo...


Nesse momento, Psycho entrou na cozinha.


PSYCHO: Simon, o que está fazendo?
SIMON: Eu estava... Bem, tentando fazer panquecas, mas parece que não nasci pra isso.


Psycho olhou para o teto e viu as três massas grudadas.


PSYCHO: É... Parece que não mesmo...


Em seguida, Larry abriu a porta da cozinha.


LARRY: Simon, está ocupado?
SIMON: Digamos que não.
LARRY: Por favor, venha no meu laboratório assim que puder.
PSYCHO: Simon, panquecas são as únicas coisas que sei cozinhar, porque não deixa comigo?
SIMON: De verdade? Bem, nesse caso vou ver o que Larry quer.


Simon saiu da cozinha e foi até o laboratório, onde Larry estava o esperando.


LARRY: Simon, quero que leve esta caixa para o laboratório de pesquisas da cidade.
SIMON: Pode deixar.

Simon pegou a caixa.

SIMON: O que é?
LARRY: Um material que recebemos da base de Southlest. Dentro tem uma cápsula com substância que é usada em armas químicas. Mas como não trabalhamos com isso, acho que o laboratório fará melhor proveito.
SIMON: Tudo bem, eu levo.



LABORATÓRIO DE PESQUISAS, 8:45 DA MANHÃ



Simon estacionou o carro em frente ao laboratório. Em seguida, caminhou até a porta levando a caixa e tocou o interfone.


INTERFONE: Identifique-se, por favor?
SIMON: Eu sou Simon Justin, da Squarimension. Vim fazer uma entrega para o laboratório.
INTERFONE: Só um minuto!


A porta se abriu, e Simon entrou. Lá dentro, encontrou um cientista analisando algo em um microscópio.


CIENTISTA: Pois não?
SIMON: Aqui está, é uma substância que a base recebeu, mas não precisamos dela. Achamos que aqui vocês podem aproveitar melhor.
CIENTISTA: Obrigado.


Simon entregou a caixa para o cientista. O mesmo a desembrulhou e tirou o frasco com um estranho líquido azul dentro.


CIENTISTA: Ah, sim... Essa substância é importante para análises. Por favor, pode colocar na mesa da sala logo atrás? Estou
meio ocupado analisando essas bactérias.
SIMON: Pode deixar!


Simon foi até a porta no fim da sala, e entrou. Dentro, encontrou outra sala de pesquisas. Deixou a substância em cima de
uma das mesas. Quando foi sair, algo lhe chamou a atenção: Nessa sala havia uma estranha máquina que se parecia com uma
cápsula.


SIMON: Ei... Que máquina legal... O que será que ela faz?


A cápsula estava aberta, e Simon não viu nenhum problema em entrar. Lá dentro, Simon fechou a porta. Ele não viu, mas na parte de fora havia um anúncio dizendo: "Cuidado: Em testes! Pode ser radioativo!".

SIMON: Ué... Parece que não faz nada...


Nesse momento, Simon esbarrou numa alavanca atrás dele. A cápsula começou a criar várias faíscas azuis ao redor de Simon.

SIMON: O que está acontecendo...? Socorro!


De repente, Simon começou a ver várias ondas de choque atravessando seu corpo.

SIMON: Argh! Isso não dói, mas tenho a sensação de que meu cérebro está derretendo!!


Simon começou a fazer força para abrir a porta. Após algumas tentativas, a mesma se abriu e a máquina desligou.


SIMON: Que loucura! Eu vou sair daqui agora mesmo!


Simon voltou para a sala onde o cientista estava.


CIENTISTA: ...Aconteceu algo?
SIMON: Ah... An... Não, tá tudo bem...


Simon caminhou até a saída.

CIENTISTA: Não sei porque, mas acho que ele mexeu em alguma coisa...

Simon estava de costas para o cientista, já abrindo a porta para sair.


SIMON: Não, não mexi em nada!
CIENTISTA: O...O quê?
SIMON: Você disse que achava que eu mexi em algo. E eu respondi que não! Bem, bom dia, preciso ir...


Simon fechou a porta e saiu. O cientista parecia surpreso.


COZINHA, 9:15 DA MANHÃ



Todos estavam reunidos na mesa comendo as panquecas que Psycho havia feito, quando Simon chegou.


PSYCHO: Ei, Simon! Quer panquecas?
SIMON: Quero sim!


Simon se sentou junto a eles, e pegou algumas panquecas.


LARRY: Como foi a entrega?
SIMON: Muito bem! Tudo ocorreu perfeitamente.
LARRY: Excelente! Não sei, mas desconfio que algo saiu errado...
SIMON: Não deu nada errado, não se preocupe.


Todos olharam para Simon, meio que estranhado a fala dele.

LARRY: O quê?
SIMON: Ora, você acabou de dizer que desconfia que algo deu errado... E eu o corrigi.
LARRY: Mas eu não disse isso!
SIMON: Disse sim, eu ouvi.
LARRY: Eu heim? Acho que ele tá ficando maluco...
SIMON: Eu não estou maluco! Engula essas palavras!


A cada fala de Simon, todos estranhavam mais.


LARRY: Simon, pare com isso, está me assustando!

Simon falava enquanto continuava comendo.

SIMON: Eu te assustando? É você que está vindo com essas insinuações.
RAY: É... Eu já achava o Simon meio imbecil, mas agora ele está ficando mais para paranóico...


Simon encarou Ray.

SIMON: Você também, Ray? Não é a primeira vez que você começa com essas ofensas comigo, hein?
RAY: O quê?
SIMON: Dizendo que eu estou paranóico! E todo mundo aqui está de prova, não é pessoal?

Ninguém sabia o que falar.

RAY: Espera aí, eu não disse isso... Bem, na verdade pensei, mas...
LARRY: Espera, espera, espera... Eu também havia pensado naquelas coisas! Simon...
SIMON: O quê?

Larry olhou para Diego.


LARRY: Diego, pense em qualquer coisa!
DIEGO: Pensar em algo? Eu não consigo pensar em nada quando alguém me obriga a isso!
SIMON: Eu também acho que é difícil pensar quando alguém lhe força a fazer isso...

Diego levou um susto.

DIEGO: Ei... Ele adivinhou!

Todos ficaram surpresos.

SIMON: Eu... Adivinhei...?



SALA DE REUNIÕES, 9:30 DA MANHÃ.


Todos se reuniram na sala de reuniões.


LARRY: Simon, vou fazer um teste... Eu vou pensar em alguns objetos, e você vai me falar quais são eles, ok?
SIMON: Ok!

Os dois se encararam.

SIMON: Pedra, rio, rocha, árvore, tijolo, papel, mesa, cadeira, lápis, lousa, caderno, casa, carro...
LARRY: Chega! É verdade, você está lendo pensamentos! Seja franco, aconteceu algo naquele laboratório?
SIMON: Bem... Eu entrei numa máquina, e...


Ray começou a falar.


RAY: ...E fez besteira? Não é muita novidade.
SIMON: Na verdade, eu só estava curioso!
LARRY: Chega vocês dois! Simon, você precisa voltar pro laboratório urgente!
SIMON: ...
DIEGO: O quê houve, Simon?
SIMON: Eu... Posso me dar bem com essas habilidades, não?
FOXY: Simon! Nem pense nisso!

Mas Simon parecia determinado

SIMON: Foxy, seria desperdicio de habilidade! É isso mesmo que eu vou fazer! Diego, qual é o endereço daquele programa de TV que apresenta show de talentos?
DIEGO: Está louco, Simon? Você vai acabar se dando mal com essa ideia idiota! Rua Alfred Dickens, 52.
SIMON: Já decorei, obrigado!

Simon saiu correndo da sala.

DIEGO: Droga! Porque eu não consigo controlar meus pensamentos??
FOXY: O quê vamos fazer?
LARRY: O que mais podemos fazer? O máximo que podemos agora é ir até o programa e ver a apresentação do Simon...



PALCO DO PROGRAMA "ISSO É INCRÍVEL", 8:00 DA NOITE.


O programa "Isso é Incrível" é famoso por apresentar pessoas com talentos surpreendentes. O apresentador chega no palco e é
recebido com aplausos do auditório. Todo o grupo da Squarimension também estava na platéia.

APRESENTADOR: Boa noite, e bem-vindos ao programa "Isso é incrível"! E para começar bem, vamos trazer aqui um talento que
parece que vai surpreender a todos vocês! Ele se denomina: O "Astro que lê pensamentos"! Aplausos para Simon Justin!


A platéia toda aplaudiu. Simon entrou confiante, e cumprimentou o apresentador.


APRESENTADOR: Simon, é verdade que você pode ler pensamentos?
SIMON: Sim! Posso fazer isso a qualquer momento!
APRESENTADOR: Então não perca tempo! Aproxime-se da platéia e escolha alguém para começar!


Simon se aproximou do público que assistia o espetáculo.


SIMON: Muito bem... Para começar, eu...

De repente, Simon sentiu um clarão em sua vista. A imagem da platéia começou a se distorcer. Simon começou a ouvir inúmeras vozes ao mesmo tempo. Haviam pessoas duvidando de sua habilidade, outras confiantes, e pessoas pensando nas mais variadas coisas.


SIMON: O... O quê é isso?? Parem de pensar!

Simon se ajoelhou no palco e tampou os ouvidos, mas continuava a escutar centenas de pensamentos ao mesmo tempo.


SIMON: Isso está me enlouquecendo! Parem agora!!


De repente, Simon desmaiou.


APRESENTADOR: ...Palmas para ele, pessoal!


O público todo aplaudiu. Nesse instante, Foxy e Larry correram para o palco.


FOXY: Simon! Acorde!
LARRY: Parece que ele não aguentou a sobrecarga de pensamentos nesse local... Bem, agora que está desacordado, vamos levá-lo ao laboratório e ver o que podemos fazer.


Larry e Foxy levaram Simon apoiado nos ombros. No caminho, Ray, Psycho e Diego se levantaram e seguiram eles.


Após a saída, o apresentador começou a falar.


APRESENTADOR: E agora, vamos aplaudir Hans Peterson, o incrível homem que consegue fazer malabarismo com cactos!



LABORATÓRIO DA CIDADE, 9:15 DA NOITE.


Simon abria os olhos lentamente. Aos poucos enxergou todos ao seu redor aguardando que ele acordasse. Em seguida, se levantouda cama em que estava.


SIMON: O quê aconteceu?
RAY: Você desmaiou no palco. Não lembra?
SIMON: Ah sim, o show... E então, fui bem?


Nesse momento, o cientista do laboratório entrou.


CIENTISTA: Eu imaginei que você tinha mexido em algo hoje cedo. Espero que tenha aprendido a não mexer mais nas coisas que não conhece!
SIMON: Sim, eu aprendi... Aliás, porque não escuto mais nenhum pensamento?
LARRY: Enquanto estava desmaiado, fizemos um tratamento anti-radioatividade em você.
SIMON: Então eu perdi meus poderes?
CIENTISTA: Sim.


Simon parecia meio decepcionado, mas feliz por não ouvir mais tantas vozes invisíveis.


SIMON: Bem, podemos ir pra casa?
LARRY: Claro!


Ao saírem do laboratório, todos entraram no carro. Larry ia na direção.


LARRY: Espero que tenha aprendido algo hoje, Simon.
SIMON: Sim, sim... Que ser alguém "poderoso" pode lhe custar caro... E também não entrar mais em qualquer máquina que estiver dando sopa por aí.



SQUARIMENSION, 9:30 DA NOITE.



Todos chegaram na base e se aproximaram do portão. De repente, Larry começou a apalpar os bolsos.

LARRY: Epa... Esqueci a chave no carro... Pode buscá-la pra mim, Simon?
SIMON: ...Claro!


Simon voltou correndo até o carro, pegou as chaves no banco da frente, e voltou até eles.


FOXY: Sinto muito que não pôde aproveitar suas habilidades, Simon.
SIMON: Depois do que passei, acho que foi melhor assim...

De repente, Simon teve uma ideia.


SIMON: Pessoal, eu não sou mais paranormal, mas sei um truque que aprendi certa vez com um mágico. Vejam só!


Simon colocou as chaves em sua mão direita, e a fechou com força.


SIMON: ...Muito bem... Contando... Um... Dois... Três!!


Simon abriu sua mão e a chave sumiu. Todos ficaram admirados.


DIEGO: Caramba, isso foi demais Simon!
LARRY: Impressionante! Agora, pode trazer as chaves de volta para entrarmos?


Simon coçou a cabeça.


SIMON: ...Bem... Naquele dia o mágico estava com pressa e só me ensinou metade do truque...


ESCRITO POR ALEXANDRE.


Última edição por Alexandre em Qua Fev 15, 2012 8:17 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Alexandre
Rank 126 - Assassin's Creed Revelations
Rank 126 - Assassin's Creed Revelations

Mensagens : 6918
Data de inscrição : 04/05/2010
Idade : 24
Localização : Cordeiropolis, SP

Ver perfil do usuário http://smash-club.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Squarimension S2 - E2

Mensagem por Willi em Seg Ago 15, 2011 11:07 am

Parô já de ficar botando nome de novela global em fan fic rapaiz! Smile

__________________________________________________
"There are two kinds of arrogance. One where you are unequal to the task and one where your dreams are too big.
The former is commonplace stupidity... but the latter is a rare species that is difficult to find."
avatar
Willi
Rank 127 - Gears of War 3
Rank 127 - Gears of War 3

Mensagens : 6951
Data de inscrição : 05/05/2010
Idade : 20
Localização : Maravilha, SC

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Squarimension S2 - E2

Mensagem por Alexandre em Seg Ago 15, 2011 5:30 pm

Bem, já que a novela tá na moda, porque não aproveitar para tirar uma paródia?

Cool

__________________________________________________
3DS Friend Code: 1521-7908-4016

avatar
Alexandre
Rank 126 - Assassin's Creed Revelations
Rank 126 - Assassin's Creed Revelations

Mensagens : 6918
Data de inscrição : 04/05/2010
Idade : 24
Localização : Cordeiropolis, SP

Ver perfil do usuário http://smash-club.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Squarimension S2 - E2

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum